Logo da Wastebank - banco de resíduos

A EDP e BRF se uniram para levar energia solar de forma 100% online para a sua casa.

Economize na fatura de energia todos os meses e ajude o planeta com Solar Digital EDP

Aproveite esse benefício exclusivo para colaboradores BRF

img

Diminua agora a conta de luz da sua casa Diminua agora a conta de luz
da sua casa

Com o Solar Digital EDP, você recebe descontos mensais e reduz os gastos no orçamento da sua casa.

Sem instalações

Sem investimentos

Sem taxa de adesão

Sem fidelidade de contrato

Condições comerciais

  • Desconto de 20% sobre a tarifa compensável + 20% sobre a bandeira (válido para adesões realizadas até dia 01/03).
  • A percepção do desconto se inicia 90 dias após a entrada em operação da usina ou após a adesão, o que ocorrer por último.
  • Rescisão sem multa mediante aviso prévio de 90 dias.
  • Pagamentos mensais por meio de boletos bancários com vencimento todo 25 de cada mês.

 

Descubra todas as vantagens de ter energia solar por assinatura. Descubra todas as vantagens de ter
energia solar por assinatura.

Saiba quanto você pode economizar

Envie seus dados e entraremos em contato

Perguntas Frequentes

A EDP constrói usinas solares operadas remotamente. Todo o investimento na aquisição dos equipamentos, construção, operação, manutenção e gestão das usinas fica por conta da EDP.

Os créditos de energia gerados pela EDP são injetados na rede elétrica da distribuidora e alocados para os nossos clientes para serem compensados na conta de energia. Ou seja, a energia chega até a unidade consumidora da mesma forma como sempre chegou: pela rede da distribuidora de energia.

Nada. A conta de energia permanece na titularidade da pessoa física. Também não é necessário realizar troca de medidor ou qualquer alteração/adaptação no imóvel. 

A sua casa continuará conectada à rede elétrica da distribuidora de energia local, que é a responsável técnica pela entrega da energia. Só haverá interrupção caso a rede da distribuidora apresente falhas no fornecimento de energia.

Se os créditos não forem gerados, ou se os créditos alocados para a sua unidade não forem suficientes para compensar todo o seu consumo de energia, a distribuidora segue entregando e cobrando normalmente pela energia consumida sem o desconto aplicado, exatamente como faz hoje.

Sim! Basta apresentar o documento de identidade do titular da conta de energia no momento da adesão, que a unidade consumidora poderá receber o desconto.

Após o início da operação da usina, os créditos de energia gerados já são injetados na rede elétrica da distribuidora e contabilizados para compensação nas unidades consumidoras beneficiárias. O desconto é percebido quando a distribuidora de energia local constata que houve compensação dos créditos de energia injetados para a sua unidade.

Você receberá uma cobrança mensal via boleto, a ser enviada pela EDP. O valor a ser pago é equivalente aos créditos de energia efetivamente compensados no mês de apuração, com o desconto sobre a tarifa compensável. Você também continuará recebendo mensalmente uma fatura residual da sua distribuidora de energia, com um valor mínimo que contempla custo de disponibilidade, iluminação pública, impostos não compensáveis (PIS/COFINS/ICMS) e consumo de energia não compensado.

O desconto oferecido pela EDP continuará sendo o mesmo, percentualmente, independente de variações nas tarifas de energia elétrica no Brasil, ou de mudanças de bandeiras tarifarias. Em outras palavras, se a tarifa subir, você segue recebendo o desconto contratado em cima dessa tarifa mais alta; se houver aplicação de bandeira, você continua tendo desconto neste adicional de bandeira.

O nosso time de gestão de clientes monitora, mês a mês, o perfil de consumo de cada unidade, a fim de realizar os ajustes necessários e calibrar a alocação dos créditos de energia. Dessa forma, havendo disponibilidade na usina, o volume de créditos a serem injetados é ajustado automaticamente pela EDP, otimizando a economia do cliente.

Sua empresa pode encerrar a assinatura quando quiser, sem cobrança de multa ou imposição de penalidade, mediante o aviso prévio de 90 dias. Quando a Consorciada não respeitar o pré-aviso de 90 dias, será cobrado o equivalente a três meses de faturamento médio.

Nós escolhemos a terra!

Floresta vista de cima com copa das árvores verde